Veja a comparação entre PDA e DISC

Semelhanças e diferenças entre as avaliações PDA e o DISC.

Muitas pessoas diariamente procuram na internet ferramentas de analise de perfil comportamental e muitas delas acabam descobrindo 2 delas a PDA e o DISC.

De fato ambas são ferramentas excelentes para Analise de Perfis, porém com toda informação que eles proporcionam, não podemos deixar de compara-los.

A partir do momento que Marston desenvolveu a teoria das emoções das pessoas normais, diferentes ferramentas de avaliação com base em seus conceitos começaram a surgir.

Essas ferramentas já foram desenvolvidas com um foco sobre as vantagens e benefícios que esta metodologia fornece tanto militar como para local de trabalho.

As ferramentas que originaram primeira são as referidas como “puro” (PDA).

Desde suas primeiras aplicações a ferramenta provou a sua enorme contribuição pela quantidade e qualidade da informação que era capaz de fornecer.

Operacionalmente, o processo matemático realizado pelo analista a partir do momento em que o candidato completara o formulário até a análise, foi extremamente lento e complexo: O analista certificado precisava de aproximadamente duas horas a partir do momento em que o candidato completara o formulário até a análise obtida.

No final dos anos 60, o Dr. John Greier, da Universidade de Minnesota realizou estudos sobre o modelo de Marston e fez várias mudanças, sempre com a finalidade de simplificar o processo matemático que levou desde o formulário para o resultado. Seus estudos eram voltados para simplificar este processo matemático, a fim de tornar a ferramenta mais simples e mais fácil de aplicar. Assim nasceu o modelo que agora é conhecido no mercado como DiSC que nada mais é do que uma simplificação ou a síntese do modelo completo do Marston, que rege as ferramentas “puras”.

A base da mudança que foi apresentada por Greier, foi a modificação no formulário. Embora esta revisão tenha encurtado o tempo entre o formulário que está sendo concluído e os resultados que estão sendo interpretados e simplificado o processo, a realidade é que um monte de informações de enorme valor para a interpretação foram perdidas, tais como:

Eixo de intensidade: mede a intensidade de cada uma das tendências comportamentais

Intensidade do Perfil: Mede quão fiel é a pessoa avaliada com seu estilo comportamental. Isso ajuda a saber o nível de flexibilidade / rigidez da pessoa avaliada.

Nível de Energia: Quantidade de Energia disponibilizada pela pessoa avaliada. Isso ajuda a saber o nível de motivação e estresse

Indicador de Consistência: Mede o nível de consistência e qualidade das informações

Eixo do Auto-controle: O quinto eixo, que mede a capacidade de um indivíduo de controlar seus impulsos e emoções, está fortemente relacionada com a “Inteligência Emocional”.

Comente pelo Facebook