Mulheres inspiradoras

8 mulheres para você se inspirar!

No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher. A data teve origem em movimentos revolucionários do início do século XX. Neles, as mulheres lutavam pela igualdade de gêneros e obtenção de direitos como voto, ocupação profissional e educação. Até hoje a luta feminina pela equiparação de direitos e privilégios é fundamental para conscientizar as pessoas contra a nocividade do machismo e da falta de igualdade.

Se você está em busca de exemplos para inspirar a sua carreira, veja agora 8 mulheres que fizeram história e deixaram (ou estão deixando) um grande legado.

Angela Merkel

Angela Merkel é Chanceler do Governo Alemão desde 2005 e é considerada uma das principais líderes da União Européia. Ela é considerada a mulher mais poderosa do mundo. Após a abertura democrática e fim do regime comunista na porção leste da Alemanha, Merkel intensificou seu interesse e participação na política até chegar ao cargo máximo do país em 2005. Desde então ela se reelegeu três vezes e está prestes a confirmar seu 4º mandato.

Benazir Bhutto

A paquistanesa Benazir Bhutto tem uma história de muita luta, que culminou com sum trágico fim. Ela foi a primeira mulher a se tornar Primeira Ministra em um país muçulmano. Ela ocupou o cargo em duas oportunidades, de 1988 a 1990 e entre 1993 e 1996.

Sua história política é bastante rica, sendo que ela foi ícone de resistência contra o regime autoritário do país. Após uma turbulenta década de 90, quando foi destituída do cargo de Primeira Ministra e exilada do país, Benazir voltou ao país em outubro de 2007 e no final de dezembro daquele ano foi alvejada por um ataque terrorista durante campanha presidencial e não resistiu.

Billie Jean King

Tenista norte-americana de enorme sucesso na década de 70, Billie Jean King tem nada menos que 179 títulos de torneios de simples, sendo 12 Grand Slams. Ativista dos direitos femininos há mais de 4 décadas, Billie Jean ficou famosa mundialmente após a Batalha dos Sexos. A batalha foi um jogo de tênis em que ela enfrentou o multicampeão Bobby Rigs. A partida foi no dia 20 de Setembro de 1973. Mais de 30 mil pessoas assistiram ao vivo a vitória de Billie Jean por 3 sets a zero. Estima-se que 48 milhões de pessoas assistiram a partida pela TV.

Maryl Streep

Multipremiada atriz norte-americana, Maryl Streep é considera a melhor atriz de sua geração. Em 2017 recebeu a sua 21ª nomeação ao Oscar em 2018. Um recorde na categoria de atuação. Ela tem também 29 indicações ao globo de Ouro (venceu oito),  3 Emmys, 1 Prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes e muitos outros. Considerada uma das mais versáteis atrizes de Hollywood, Streep é também um símbolo na luta pela igualdade de gêneros e pelo fim dos abusos sexuais no meio artístico.

Katharine Viner

Katharine Viner é uma jornalista britânica de 47 anos. Ela tem em seu currículo uma longa história no importante jornal The Guardian. Ela foi chefe de operações online do veículo na Austrália e nos Estados Unidos. Em 2015 foi escolhida como editora-chefe do Guardian. A posição nunca foi ocupada por outra mulher durante os quase 200 anos de história da publicação.

Frida Kahlo

Pintora Mexicana famosa pelo seu estilo surrealista de cores fortes, Frida Kahlo é um dos símbolos mais importantes da luta feminista. Frida só começou a pintar após ficar imobilizada em uma cama. Durante esse período desenvolveu seu estilo e técnica. Em 1939 fez sua primeira exposição em Paris. Em 2016, sua obra “Dois Nus na Floresta” foi vendida por oito milhões de dólares. Atualmente Frida é mais do que uma reconhecida influência feminista, ela é um ícone pop reproduzido por diversas marcas e artistas.

Luiza Helena Trajano

Luiza Helena Trajano é dona de um patrimônio de mais de 1,2 bilhão de reais. Sua fortuna foi construída graças ao seu trabalho na administração do grupo que comanda as lojas Magazine Luiza e outras marcas. O Magazine Luiza foi um empreendimento criado por Luiza e seu marido em 1957. Hoje, aos 61 anos de idade, a marca é uma das líderes no varejo brasileiro.

Anne Fisher

Anne Fisher foi a primeira mãe presente na órbita terra. Sua carreira como astronauta começou em 1978.  Ela foi selecionada junto com mais 4 mulheres para auxiliar no desenvolvimento de pesquisas e desenvolvimento de ferramentas, como o braço robótico e o traje espacial feminino. Formada em Química e Medicina pela UCLA, Fisher fez parte da missão STS-51-A. Ela  ficou oito dias na órbita terrestre, a bordo da nave Discovery.

 

No dia 8 de março, mire-se no exemplo dessas mulheres que mudaram e ainda estão mudando a realidade do mundo em que vivemos. Que seu trabalho e perseverança sirvam de exemplo para mais e mais mulheres buscarem seus direitos e apresentarem sua enorme qualidade, competência e talento para o mundo!

 

Comente pelo Facebook