Desafios da Carreira Profissional Para o Dia de Hoje

Para enfrentar os desafios da carreira profissional, planos de carreira se tornam essenciais

Atualmente, o mundo corporativo exige muito mais dos profissionais.

Entrar em uma empresa já significa uma conquista, uma vez que o mercado está cada vez mais exigente, cobrando cursos, especializações e uma vasta experiência de seus candidatos.

Quem não se atualiza, por exemplo, acaba ficando para trás.

Fora isso, os profissionais enfrentam outros desafios da carreira profissional, que vão além das exigências do mercado.

A competição entre os colegas; chefes intransigentes; assédio de diversas formas; acumulo de funções; são apenas alguns dos problemas enfrentados na rotina de trabalho, aumentando ainda mais os desafios da carreira profissional, isso em qualquer segmento, cargo e hierarquia, também independente do porte da empresa.

Os desafios da carreira profissional não param de surgir e o profissional ainda precisar estar a par do que acontece no mundo, receber e analisar todas as informações em relação ao seu setor, para que assim consiga lidar com as tarefas de seu cotidiano.

Com o avanço da internet e seu poder na comunicação, fica um tanto quanto difícil eleger o que é confiável e o que não é das informações, e isso pode prejudicar um pouco o desenvolvimento da carreira.

Mas, não é só estar conectado ao mundo, lidar com os colegas e chefe, além de outros pontos.

Hoje, os maiores desafios da carreira profissional é em relação a carreira.

Com o passar dos anos, esse aspecto vem sendo alterado pelos próprios colaboradores, que passaram de coadjuvantes para os protagonistas a impulsionarem suas carreiras.

Se antes as empresas ficavam responsáveis por dar oportunidades e opções de crescimento, agora quem tem essa missão é o profissional, que precisa correr atrás de seus objetivos para conquistar um lugar ao sol, na área, cargo e até mesmo setor que tem desejo em atuar.


Os Planos de Carreira

Um planejamento de carreira profissional é extremamente importante.

Essa ferramenta, que é utilizada por diversas corporações como forma de motivar seus funcionários, mas serve, principalmente, como uma forma de impulsionar o profissional para onde ele quer chegar em sua carreira.

A ideia é planejar o seu futuro, sempre pensando de uma forma realista onde e como você quer estar daqui há cinco ou 10 anos.

Para que o planejamento saia como esperado, o indivíduo precisa analisar todos os pontos de sua vida profissional, desde o trabalho ao qual está inserido até o que ele tem a oferecer para o mercado.

Somente com isso você conseguirá traçar metas e objetivos, ações que deverão ser desenvolvidas para alcançar esses planos, mudanças de hábitos, rotina e até mesmo posicionamento na empresa, entre outros pontos.

As empresas, no entanto, utilizam os planos de carreira de forma motivacional.

Com ele, elas conseguem diminuir programas de recrutamento e seleção, pois passam a contratar primeiro entre seu pessoal, para depois levar isso externamente.

Assim, conseguem incentivar os profissionais a crescerem e almejarem cargos maiores.


Muito Prazer, sou

Cristina Padula
Coach Especialista em Carreira

E quero ajudar você a conseguir sua melhor performance com métodos práticos e objetivos. Vamos juntos?


Entenda a sua Carreira

Talvez você não saiba, mas existem três tipos de carreira: profissional; operacional; e gerencial.

Um exemplo é que, normalmente, essa divisão ajuda a definir níveis hierárquicos, cargos tidos como profissional conseguem elevar a situação, pois lideram mais com o intelecto, do que com atividades corporais.

No caso das operacionais, por exemplo, são responsáveis pelas atividades finais da produção.

O trabalho é constituído muito mais por atividades braçais do que as que utilizam o intelecto.

Para os profissionais enquadrados nesse tipo de carreira, a possibilidade de ascensão no cargo, é muito remota.

Para quem se enquadra na carreira do tipo profissional, o trabalho é relacionado a atividades que necessitam de intelecto.

Por isso é cobrado do indivíduo que ele tenha conhecimento a nível técnico e, em alguns casos, também superior, tudo depende dos tipos de processos que são executados pelas companhias.

Por fim, quando falamos de uma carreira gerencial, o próprio nome já indica que se trata de cargos de liderança, onde o profissional é responsável por gerenciar pessoas dentro da empresa.

É comum que pessoas nesse nível hierárquico tenham passado, anteriormente, por um cargo de carreira profissional, desenvolvendo habilidades de modo a apresentar vocação para a gestão.



Como Gerenciar a sua Carreira

A gestão de carreira profissional tem muita relação com o plano de carreira, já que ele é tratado como um instrumento para a trajetória no mercado de trabalho, ou seja, se não houver um gerenciamento de todo esse plano, nada sai do papel.

É através da administração do plano de carreira que os colaboradores encontram suas perspectivas, tanto no desenvolvimento de sua vida profissional, como também para a ascensão da mesma.

Normalmente, ela é incorporada por uns fatores específicos, como a falta de perspectiva profissional; quando a gestão de carreira entra em ação, é para mostrar aos colaboradores um ponto: as diversas possibilidades para que eles possam crescer, sistematizando todas essas oportunidades dentro da organização.

Quando uma empresa opta por oferecer um plano de carreira aos seus colaboradores, ela mantém um planejamento bem definido, sempre alinhado aos objetivos da empresa.

É uma forma de mostrar que o profissional tem espaço para crescer, por isso a companhia trabalha com investimentos para desenvolver o potencial de seus colaboradores.

Com isso, ela recebe o comprometimento dessa equipe, que traz resultados mais positivos e aumento de sua produtividade, por exemplo.

Gerenciar todo esse plano, é ideal para que ele não saia do controle e possa oferecer exatamente o que o profissional precisa, que são as oportunidades para crescer, trazendo como troca benefícios a empresa.

As companhias que adotam planos de carreira para seus colaboradores, passam a investir mais no profissional, ofertando meios de qualificação, treinamentos e outras formas de agregar conhecimento para esse indivíduo.

Essa forma de valorização promove ganhos para ambos os lados, a empresa ganha por ter um profissional mais motivado, que produz mais e tem maior comprometimento com as atividades que são desenvolvidas pela corporação.

Enquanto o profissional ganha em poder se especializar em algo, por exemplo, conhecer melhor o seu cargo e o setor onde está inserido, além de ter a oportunidade de visualizar um futuro muito mais promissor em sua carreira, tendo a opção de crescimento dada pela própria empresa.


Agora que você leitor já sabe Os Desafios da Carreira Profissional Para o Dia de Hoje, que tal se inteirar de A Importância do Plano de Carreira nas Organizações.

Clique aqui e confira um super post que separamos para você em nosso blog sobre o assunto.

Gostou? Compartilhe com seu grupo de amigos nas redes sociais, e não esqueça de deixar um comentário logo ali embaixo↓


Cristina Padula
Coach Especialista em Carreiras

“Busquei o processo de coaching como apoio para transição entre carreira numa empresa para empreender. O apoio da Cris foi muito importante, pois abriu minha visão para situações que antes eu ignorava além de me dar maior segurança em fazer o movimento; sabendo inclusive que não necessariamente seria, um movimento sem volta. Também foi muito positivo a ajuda em aprimorar o autoconhecimento, além de habilidades que precisavam ser aperfeiçoadas e/ou adquiridas. A experiência foi bastante positiva e tornarei a fazer em um momento oportuno.”
Thiago Henrique Bido – Gerente Comercial

Conheça mais sobre mim:

 

Comente pelo Facebook